Reservas de Hotéis Aluguel de Carro Passagens Aéreas
 Quem somos   |   Formas de Pagamento    |    Compromisso com o Menor Preço   |    Vantagens    |   Segurança    |   Privacidade
Passagens Aéreas Promocionais
Nacionais

Internacionais

No Exterior

Viajando para o Brasil

Viajando entre países

 

Nacionais

Internacionais

 

Brasil

Exterior

 

Seguro viagem

Passaporte

Vistos

Pacotes turisticos

Consulados
Hotéis em São Paulo

Embaixadas do Brasil

Mapa do Site

 

Dicas de Saúde

Guia do Passageiro

Bagagem

Alfândega

Viagens Exterior

Glossário

Chamadas a Cobrar

Maceió - AL

 

O nome Maceió se origina de um engenho às margens da lagoa Mundaú, chamado maçaio, nome este vindo do tupi "Massayó-k", ou "o que tapa o alagadiço".

Maceió, capital do Alagoas, é um lugar onde natureza não mediu esforços. São quase 40 km de praias paradisíacas, piscinas naturais, um mar de águas mornas e tranqüilas e de uma cor inigualável. Maceió oferece sol quase todos os dias, praias de todos os tipos e frutas tropicais que se misturam com peixes, caranguejos, siris e lagostas. Toda a orla é enfeitada por coqueirais que contrastam com o azul-esverdeado transparente do mar.

 

Na zona urbana, o bairro Histórico do Jaraguá é um dos mais antigos de Maceió e possui construções do período colonial que abrigam bares, boates, restaurantes e museus. No bairro também está localizado o Porto de Maceió.

 

As praias centrais têm em comum os calçadões. Na praia de Jatiúca, o mar é meio agitado e colorido pelas pranchas dos surfistas. As outras praias do centro são Sete Coqueiros, Ponta Verde e Pajuçara, de onde saem os famosos passeios as piscina naturais. Os jangadeiros levam máscaras e snorkel para olhar os peixes mais de perto e algumas jangadas se transformam em bares servindo drinks e batidas.

 

Em direção ao sul do estado, você encontra a Praia do Francês, protegida por recifes e lotada de bares e de turistas. A Ponta do Gunga fica no encontro do rio com o mar, situada numa fazenda repleta de coqueiros e é um dos cartões postais da região. O acesso é feito por barcos que saem de Barra de São Miguel. O trajeto demora cerca de 40 minutos. Na praia, é possível contratar um bugre e conhecer às falésias selvagens de Lagoa Azeda.

 

Indo na direção norte, uma pedida é um passeio à Ilha de Croa, com acesso por balsa a partir de Barra de Santo Antonio. A Ilha abriga um resort, uma pequena vila e algumas casas de veraneio. Também vale conhecer a praia de Carro Quebrado, cheia de falésias coloridas. Para ver tudo do alto, um vôo de ultraleve, que pode ser alugado no resort, que serve de ponto de apoio, com bar, banheiros e restaurante mesmo pra quem não está hospedado por lá.

 

Maceió é cercada de lagoas que podem ser exploradas através de passeios de escuna. Massaguera, que também se pode ir pela estrada, é um povoado que vive da pesca e que se tornou uma atração gastronômica em Maceió. Oferece bares simples, comida feita na hora, peixes frescos, temperos especiais, ambiente descontraído e uma bela paisagem do rio e lagoa.

 

Vale uma visita ao povoado conhecido como Nas Pedras, caminho para lagoa de Mundaú e um grande mercado natural de frutos do mar.

 

Maragogi é um dos destaques da Costa Dourada, como é chamada a região ao norte de Maceió e outra parada obrigatória é conhecer as Galés de Maragogi, que são uma enorme piscina natural situada a 6 km da costa.

 

Maceió é cortada pelas principais rodovias federais, como as BR-104 e BR-115, além de ser ponto de convergência de rodovias estaduais. O novo Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, com 22 mil metros quadrados de área e capacidade para receber 1,2 milhão de passageiros por ano foi inaugurado em 2005, e permite a ligação direta de Maceió a Londres, Roma ou Cairo, sem escalas ou conexões.

 

Por Verônica Moschetta

 

 

Este site é operado pela Ponto Tur Viagens e Turismo. Copyright© 2006 Ponto Tur. Todos os direitos reservados.