Reservas de Hotéis Aluguel de Carro Passagens Aéreas
 Quem somos   |   Formas de Pagamento    |    Compromisso com o Menor Preço   |    Vantagens    |   Segurança    |   Privacidade
Passagens Aéreas Promocionais
Nacionais

Internacionais

No Exterior

Viajando para o Brasil

Viajando entre países

 

Nacionais

Internacionais

 

Brasil

Exterior

 

Seguro viagem

Passaporte

Vistos

Pacotes turisticos

Consulados
Hotéis em São Paulo

Embaixadas do Brasil

Mapa do Site

 

Dicas de Saúde

Guia do Passageiro

Bagagem

Alfândega

Viagens Exterior

Glossário

Chamadas a Cobrar

Londres – UK

Londres é a capital da Inglaterra e do Reino Unido. Um estabelecimento importante por quase dois milênios, Londres é um líder internacional nas finanças, e sua participação na política, na instrução, no entretenimento, na moda, e nas artes contribui a seu status como uma cidade global. Londres é também uma das cidades mais povoadas da Europa. Sua população é cosmopolita, composta de uma escala diversa de povos, culturas e religiões, falando centenas de línguas diferentes.



A cidade é cheia de histórias, como as paredes do Victoria and Albert Museum, que conservam as marcas dos bombardeios alemães durante a Segunda Guerra, ou as ruínas da Capela de Winchester. Há museus para contar todas elas, através de vários temas: Museu da Guerra, Museu do Transporte, e até Museu das Prisões. Todos merecem uma visita, mas imperdíveis são o Natural History e o Science Museum, e, é claro, o British Museum. O British Museum é um passeio pela história do mundo. Seu acervo tem antiguidades egípcias (como múmias em seus autênticos sarcófagos), objetos da antiga Pérsia, Mesopotâmia e Palestina, além de peças gregas, romanas e da Alta Idade Média. A London Tower conta sua história que é uma síntese da história de Londres. Situada às margens do Thames, na região de um antigo forte romano, a Torre foi construída pelos conquistadores normandos e no reinado de Henrique 8º, suas torres foram transformadas em prisão. Atualmente, a torre guarda as jóias da Coroa Britânica, que podem ser vistas pelos visitantes em visitas conduzidas por guias caracterizados. Logo ao lado está a London Bridge, que, com cerca de 800 anos, é a ponte de pedra mais antiga e um marco da cidade.
Na mesma região, conhecida como City, o centro financeiro de Londres, pode-se conhecer ainda a catedral de Saint Paul, que na sua história fala do trágico incêndio que arrasou boa parte da cidade em1666. A catedral foi construída para substituir a que foi consumida pelo fogo e já foi uma das construções mais altas de Londres e ainda hoje, é possível se apreciar uma bela vista de sua cúpula.

O Rio Thames (Tâmisa ou Tamisa, em português) é um rio do Sul de Inglaterra, ligando Londres ao mar e é um dos personagens da história da cidade. Dos tempos do 'Grande Fedor' – como o Tâmisa ficou conhecido em 1858, quando as sessões do Parlamento foram suspensas por causa do mau cheiro – até hoje, foram quase 150 anos de investimento na despoluição das águas do rio que cruza a cidade de Londres e que abriga muito da vida da cidade em suas margens.
A Tate Modern, galeria instalada em uma antiga usina está debruçada sobre o Thames e apresenta obras de arte do século 20. Ainda na beira do rio, está o The Globe, réplica do teatro elizabetano onde Shakespeare encenou suas peças teatrais. E com a chegada do século 21 foi inaugurada, também às margens do rio Thames e de frente para o Big Ben, a imensa roda gigante London Eye, que fornece o visual mais fantástico de Londres. Com altura equivalente a um prédio de 45 andares, e permitindo ver à uma distância de até 40 Km em volta, uma volta na London Eye é a melhor forma de ver Londres e todas suas atrações de um angulo privilegiado.
De lá se perebe que o Big Ben e o edifício do Parlamento formam um dos mais belos conjuntos arquitetônicos da cidade. O edifício abriga a Câmara dos Lordes e a Câmara dos Comuns, ao redor de Westminster Hall, salão construído no século 11 pelo rei Canuto. A abadia de Westminster também é um ponto bastante interessante. A construção começou no século dez e ainda hoje é o local onde ocorrem as mais importantes cerimônias da realeza britânica.

Um programa tradicional é uma espiada na troca da guarda, em frente ao Palácio de Buckingham, onde um regimento chega marchando pelas ruas, assume a guarda do palácio, e o regimento anterior vai embora também marchando, todos precedidos por bandas militares. Depois pode-se descansar um pouco em Saint James Park. Outro passeio que vale a pena é o Hyde Park, principalmente aos domingos, passando pela Speak Corner. Lá, palanques são armados e abertos para quem quiser discursar ou defender alguma causa. Em Kensinton Gardens, junto ao Hyde Park, há ainda o palácio que foi a última residência da princesa Diana.
Os muitos parques, aliás, são todos uma atração característica da cidade, mas o apelo das compras também é um dos motivos que levam os visitantes á Londres. Covent Garden, célebre por funcionar no antigo mercado municipal, foi o palco das primeiras cenas do filme "My Fair Lady", e hoje é um centro de compras e diversão noturna. Camden Town é um mercado não convencional, com muitas lojas e uma feira peculiares, onde se reúnem tribos de punks, góticos, e outros alternativos. Portobello Market, Bricklane, Spitafields e Pettitcoat Lane também são ideais para encontrar e comprar comida, curiosidades, antiguidades, roupas informais e quinquilharias diversas. Mas o paraíso do consumo inglês está identificado na Harrod´s. Seu prédio de 5 andares, ocupando todo um quarteirão é uma das maiores tradições inglesas,e eles se orgulham de vender de tudo.

O metrô de Londres, mais conhecido como London Underground ou TheTube é um sistema férreo que cobre uma grande parte da Grande Londres e algumas áreas vizinhas. É o sistema de metrô mais antigo do mundo, e também com a rota mais longa. Funciona 20 horas por dia, todos os dias, e é outro ícone da cidade, que é personagem e cenário de muitas de suas histórias.

 

Por Verônica Moschetta

 

 

 

Este site é operado pela Ponto Tur Viagens e Turismo. Copyright© 2006 Ponto Tur. Todos os direitos reservados.