Reservas de Hotéis Aluguel de Carro Passagens Aéreas
 Quem somos   |   Formas de Pagamento    |    Compromisso com o Menor Preço   |    Vantagens    |   Segurança    |   Privacidade
Passagens Aéreas Promocionais
Nacionais

Internacionais

No Exterior

Viajando para o Brasil

Viajando entre países

 

Nacionais

Internacionais

 

Brasil

Exterior

 

Seguro viagem

Passaporte

Vistos

Pacotes turisticos

Consulados
Hotéis em São Paulo

Embaixadas do Brasil

Mapa do Site

 

Dicas de Saúde

Guia do Passageiro

Bagagem

Alfândega

Viagens Exterior

Glossário

Chamadas a Cobrar

Campo Grande - MS

Campo Grande é um município brasileiro da região Centro-Oeste, capital e cidade mais importante do estado de Mato Grosso do Sul. Campo Grande é o mais importante pólo de desenvolvimento econômico e social do Estado, e também um dos maiores do oeste brasileiro. Campo Grande é também o centro mais importante do antigo estado de Mato Grosso, desmembrado em 1977. Por causa da cor de sua terra - roxa ou vermelha, Campo Grande é carinhosamente chamada de Cidade Morena.

 

Reduto histórico de divisionistas entre o sul e o norte, Campo Grande foi fundada há mais de 100 anos por colonizadores que vieram aproveitar os campos de pastagens nativas e as águas cristalinas da região dos cerrados.

 

A princípio, vieram os colonizadores descendentes de portugueses, de Minas Gerais, depois, no início do século, vieram os imigrantes de outros países, começando com libaneses, armênios e japoneses, e mais recentemente, na década de 70, gaúchos, catarinenses e paranaenses do sul do Brasil.

 

Tudo começou em 1870, por razão da Guerra da Tríplice Aliança, quando chegou a notícia aos moradores de Monte Alegre, no Triângulo Mineiro, de terras férteis para agropecuária, na região do então "Campo Grande da Vacaria". Isso acabou contentando José Antonio Pereira, que precisava de terras para alojar sua família. Em 21 de junho de 1872 ele chegou e se instalou em terras férteis e completamente desabitadas da Serra de Maracaju, na confluência de dois córregos - mais tarde denominados Prosa e Segredo - e que hoje é o Horto Florestal. A região e a vila se desenvolveram em razão do clima e da privilegiada situação geográfica, e isso atraiu os habitantes de São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Nordeste, entre outros. Tornou-se então um centro comercial bovino, de onde partiam comitivas conduzindo boiadas para o Triângulo Mineiro e o Paraguai. Construída em 1900, a estrada boiadeira, hoje BR-163, passou a ligar Campo Grande às barrancas do Paraná e com isso, as boiadas dirigiram-se também para São Paulo, onde se abriu novo mercado para a região e novas oportunidades para o comércio local, além de intercâmbio. A cidade experimentou um "boom" de desenvolvimento nas décadas de 60, 70 e 80, condição que acabou facilitando também a construção das primeiras estradas acesso, sendo grande pólo atrativo de empregos.

 

A cultura de Campo Grande é uma herança deixada pelos índios e diversas raças e dispõe de vários atrativos turísticos que retratam a história da cidade em várias épocas, revelados na culinária, artesanato e folclore.

 

O artesanato local é definitivamente o que a maioria dos visitantes vai querer levar, mas vale a pena conferir o sabor das frutas típicas como araçá e bocaiúva. Para isso a pedida é passar na Casa do Artesão e na Feira Barroarte e ainda, um ótimo local para experimentar a comida local é a Feira Central, conhecida como feirona. A feira é coordenada pela comunidade japonesa, que já se adaptou à culinária local, com espetinhos de mandioca, por exemplo. Os peixes do Pantanal são obviamente outra boa opção.

 

É por Campo Grande que se inicia toda aventura turística que se propõe a conhecer o Pantanal e Bonito e a cidade está localizada bem no centro do estado, na Serra de Maracaju, além de estar localizada também sobre o divisor de águas das bacias dos rios Paraná e Paraguai. O Aeroporto Internacional de Campo Grande fica a 7 km do centro da cidade e recebe vôos nacionais e internacionais. As principais rodovias de acesso são a BR 060, a BR 163 e a BR 262.

 

Por Verônica Moschetta

 

 

 

Este site é operado pela Ponto Tur Viagens e Turismo. Copyright© 2006 Ponto Tur. Todos os direitos reservados.