Reservas de Hotéis Aluguel de Carro Passagens Aéreas
 Quem somos   |   Formas de Pagamento    |    Compromisso com o Menor Preço   |    Vantagens    |   Segurança    |   Privacidade
Passagens Aéreas Promocionais
Nacionais

Internacionais

No Exterior

Viajando para o Brasil

Viajando entre países

 

Nacionais

Internacionais

 

Brasil

Exterior

 

Seguro viagem

Passaporte

Vistos

Pacotes turisticos

Consulados
Hotéis em São Paulo

Embaixadas do Brasil

Mapa do Site

 

Dicas de Saúde

Guia do Passageiro

Bagagem

Alfândega

Viagens Exterior

Glossário

Chamadas a Cobrar

Campina Grande - PB

Situada na Zona Centro Oriental da Paraíba no Planalto da Borborema, no trecho mais alto de suas escarpas, Campina Grande é a maior e mais importante cidade do interior do Norte/Nordeste do Brasil.

 

Fala-se que o povoado teria sido criado por Teodósio de Oliveira Lêdo, a partir de um aldeamento dos Índios Ariús, escravizados da região das Piranhas e Piancó, no “sítio da Campina Grande”. Outros historiadores não concordam com esta versão, sugerindo que o local já era povoado com o nome de Campina Grande na chegada de Teodósio com os Ariús.

 

O certo é que o desenvolvimento industrial de Campina Grande aconteceu no século XX, com várias unidades nos ramos açucareiro e têxtil, em conjunto com os setores primário e terciário. Como a cidade de Campina Grande está situada no cruzamento de duas rodovias federais (BR 230 e BR 104) acabou desempenhando a função de cidade/mercado, polarizando 54 municípios na Paraíba. Tornou-se assim um centro distribuidor e absorvedor de matéria-prima e mão-de-obra de vários estados.

 

A Feira Central de Campina Grande, por exemplo, é uma das maiores do Nordeste, funcionando todos os dias, é conhecida nacionalmente pela sua dimensão e diversidade de produtos. Desde alimentos, produtos agropecuários, até móveis e utensílios domésticos, vestuários, calçados e ferramentas.

 

O pólo de Informática registrou um crescimento de mais de 80% nos últimos cinco anos. Além da Informática o setor têxtil de produção do algodão colorido, considerada uma mercadoria ecologicamente correta, pois dispensa qualquer tingimento, está sendo exportada, resgatando também a cultura algodoeira da região. As grandes indústrias do setor de Mineração estão instaladas em Campina Grande produzindo 250mil toneladas, por ano, notadamente do mineral bentonita, que transforma a região num dos cinco maiores produtores mundiais do minério.

 

No passado, Campina Grande já foi terra do algodão e a capital do trabalho, hoje, vem ganhando as páginas de importantes publicações no mundo como cidade high tech, graças ao importante pólo tecnológico que exporta softwares para vários países. Mas é no quesito turismo de eventos que a cidade vem dando lição de competência e pioneirismo ao resto do país.

 

O Maior São João do Mundo é considerado a maior festa popular do interior do país, realizado, nos 30 dias do mês de junho no Parque do Povo, em um espaço de 42 mil metros, aonde os forrozeiros vindo de várias partes do Brasil podem dançar 500 horas do mais autêntico forró. Misturando xote, xaxado e baião, reúne milhares de pessoas, que dançam ao som do triângulo, da zabumba e da sanfona.

 

Além do Maior São João do Mundo, Campina ainda promove durante o ano o Festival de Inverno. O evento leva aos teatros e às praças o conhecimento através da arte. Realizado há mais de trinta anos, reúne momentos que vão desde o rock a mostras de grupos de dança, de teatro amador e profissional, apresentação de música erudita e popular, além de mostras de cinema, de vídeos e de artes plásticas.

 

O carnaval fora de época de Campina Grande também é outro destaque no roteiro turístico. Chamado de Micarande é promovido todos os anos no mês de abril, durante quatro dias, organizado pela Prefeitura Municipal e pela a iniciativa privada. A Micarande teve início no feriado de 21 de abril de 1989, e a cada ano o evento se torna maior reunindo pessoas de todo país e trazendo a Campina Grande, grandes astros da música baiana. Durante o evento também são realizados shows de forró, fazendo uma prévia ao Maior São João do Mundo.

 

Outro evento que merece destaque é o Encontro para a Nova Consciência, que promove em pleno carnaval uma grande reunião de instituições e entidades artísticas, religiosas, filosóficas e esotéricas.

 

Campina Grande está distante da capital João Pessoa apenas122 km; e de Recife e Natal, 274 km e 289 km, respectivamente. A cidade de Campina Grande possui um importante entroncamento rodoviário que possibilita sua interligação com todas as capitais, principais centros do Nordeste e demais cidades do Estado e da Região. Rota natural entre o interior e o litoral, sua malha rodoviária, totalmente asfaltada, é composta pelas rodovias federais BR–104, BR–230, BR–412 e conexões BR–230/104 e Alça Sudoeste, além de outras rodovias estaduais. Campina Grande ainda dispõe do Aeroporto João Suassuna – com pista de 2.000 m de extensão por 45 m de largura – que possui todo o serviço de infra-estrutura para o apoio e a segurança das aeronaves.

 

Por Verônica Moschetta

 

 

 

Este site é operado pela Ponto Tur Viagens e Turismo. Copyright© 2006 Ponto Tur. Todos os direitos reservados.